Seguidores

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010



Pensamentos notívagos


 O silêncio que atravessa as paredes. Com devaneios, ao longo dos passos que dá pelos corredores daquela casa desabitada.Forças desconhecidas, que reagem diante de passos longos. Suas incógnitas reações, quando se vê diante de um espelho, em um dos aposentos próximo a uma escada que leva a um sótão.



Em seus pensamentos notívagos, o seu desejo maior é fugir daquele lugar mórbido. E, transfigurar a sua liberdade. Quando desperta, daquele sonho. Vê que não foi só uma imaginação. Esteve diante, daqueles acontecimentos.

Agora, a sua maior vontade, naquele instante é retornar a dormir tranquilamente. Sem forças sobrenaturais, ou de quaisquer outras naturezas. E, despertar para o seu mundo real nas próximas horas que faltam para o amanhecer.

Margleice Pimenta, 5 de Dezembro/2010
Postar um comentário