Seguidores

domingo, 28 de outubro de 2012

Ensaio de Aíla Sampaio sobre o romance ''Cadeiras na calçada'' de Raymundo Netto

Ensaio de Aíla Sampaio para o Caderno LER do Diário do Nordeste sobre o romance 'Cadeiras na calçada'' de Raymundo Netto. Uma Fortaleza que não volta mais...fica as memórias dessa Bella Époque. 
Margleice Pimenta 

''Um conto no passado. Cadeiras na calçada, romance de Raymundo Netto, é uma viagem no tempo, um encontro com uma Fo
rtaleza poética e provinciana que só a imaginação pode reconstruir.

De mãos dadas com Américo Lopes, o protagonista e narrador, passeamos pelas calçadas do início do século XX e andamos, assim, pelas ruas ´descalças´ de uma cidade menina que parece se fazer mulher aos olhos do leitor.''

Parte 1ª: A Fortaleza do século XIX

Fonte:  http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1196989



FOTO: Fortaleza: Esquina da Rua Pedro Borges com Floriano Peixoto, em 1950. Arquivo Nirez 
Fortaleza: Cartão-Postal da Guilherme Rocha com Major Facundo, 1911, arquivo Nirez
Memória: peças de perfumaria, como brilhantina, talco, pó de arroz e sabonete, datadas de 1950. arquivo nirez

Parte final 

Um homem, a cidade e suas aventuras

Fonte:  http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1197001
Postar um comentário