Seguidores

quinta-feira, 18 de novembro de 2010


Gravado em pedra 

Gravaram uma história.

Esqueceram de organizar.

Quem lê talvez se confunda...

Não se entende onde começa

nem onde vai chegar.

Tentaram escrever algo por cima

Foi em vão, não resolveu

Tentaram ocultar colocando um manto.

Um manto longo e escuro

O vento forte veio e o recolheu

Quem lê se emocionou

Com a alegria e a felicidade

Com a dor e como acabou

Uma história de cumplicidade

Que ferido um coração deixou

Não espere final feliz 

Porque se acaba, felicidade ali não há. 

Esta gravada em um coração

Que enrijecido agora esta

O que foi ali gravado, permanecerá.

Gravado em pedra. 

  Emanoel Barroso
Postar um comentário